Balneário Camboriú / SC - segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Celulite

O que é Celulite?

 

Nomes Científicos:  Hidrolipodistrofia Ginóide, Lipodistrofia Edematofibroesclerótica

A celulite é caracterizada pelo surgimento de ondulações na pele. O aumento do tecido gorduroso que se aloja sob a pele (camada subcutânea) é o responsável pela celulite dando um aspecto de casca de laranja na pele.

Há algumas razões que levam a um aparecimento maior de celulite. Além da predisposição genética, existe a possibilidade da celulite estar associada a outros fatores como por exemplo fatores hormonais, alimentação inadequada e vida sedentária.

A falta de oxigenação das células de gordura contribui para o acúmulo de tecido adiposo. Devido a uma alteração na micro-circulação, há um aumento do tecido gorduroso formando nódulos e depressões subcutâneas comprimindo os vasos sanguíneos  e linfáticos impedindo uma melhor nutrição das células o que favorece o acúmulo de toxinas.

 

Tipos de Celulite

 

Grau 1: A celulite somente é percebida quando ao pressionar a pele observa-se uma discreta deformidade na área. Neste grau não há alterações circulatórias. Há um leve acúmulo de gordura.

Grau 2: Neste estágio é possível perceber a celulite ao olhar para a região. Há um inchaço derivado do acúmulo de gordura. A celulite torna-se palpável e não é dolorosa. Neste grau há alterações circulatórias locais.

Grau 3: O aumento do volume das células gordurosas causam a alteração do tecido formando  nódulos subcutâneos visíveis na superfície da pele (casca de laranja). O endurecimento do tecido gorduroso provoca uma maior deficiência circulatória e maior acúmulo de toxinas celulares. Neste estágio ela pode ser dolorosa quando pressionada. 

Grau 4: Este grau é mais comum em pessoas com diabetes e obesidade. Há um distúrbio completo nas células e tecidos, que apresentam eficiência circulatória. O aspecto é de grandes áreas com nodulações e depressões, podendo ocorrer fibrose local. 

Os tratamentos mecânicos são fundamentais no processo de combate à celulite, mas sempre devemos associar uma boa alimentação, prática de exercícios físicos e hábitos saudáveis para que o resultado seja definitivo.